Fundação da cidade de Rio de Contas

 

Conheça um pouco sobre a história da fundação da cidade de Rio de Contas, a primeira a ser criada na Chapada Diamantina em 1.723,  segundo dados históricos a cidade começou a ser povoada em 1.687 por escravos fugidos da costa baiana.

Rio de Contas   Fotos antigas 2

O núcleo populacional de Rio de Contas teve sua origem no final do século XVII, quando viajantes de Goiás e do norte de Minas Gerais, em demanda da cidade de Salvador que era a capital de Província da Bahia, fundaram um pequeno povoado, que tomou o nome de Crioulos sendo um ponto de pouso da exaustiva caminhada. Esse povoado situava-se no planalto da Serra das Almas, à margem do Rio de Contas Pequeno, hoje Rio Brumado. Foi então edificada uma pequena capela em forma octogonal, sob a invocação de Nossa Senhora Santana. Logo após foram descobertos veiões e cascalho aurífero no leito do Rio de Contas Pequeno, nos seus afluentes e serras circunvizinhas.

Este fato atraiu grande numero de garimpeiros, predominando-se bandeirantes paulistas e mineiros que subiram o leito do Rio de Contas Pequeno e, explorando as serras próximas, fundaram a três léguas acima, numa altitude de 1.450 metros, outra povoação - Mato Grosso. Os jesuítas que acompanhavam os bandeirantes ergueram uma igreja sob a invocação de Santo Antônio. Em 1.718, foi criada a primeira Freguesia do Alto Sertão Baiano ou Sertão de Cima, com a denominação de Freguesia de Santo Antônio de Mato Grosso.

No começo do século XVIII, os jesuítas construíram outra igreja a 12 km, abaixo do povoado de Crioulos, sob a invocação de Nossa Senhora do Livramento.

Em 20 de outubro de 1.722 foram criadas duas vilas no Interior da Bahia. As vilas de Santo Antônio de Jacobina, e Nossa Senhora do Livramento e Minas do Rio de Contas.

Autorizado pela Carta Régia de 27 de novembro de 1.723, D Vasco César de Menezes encarregou o Coronel Pedro Barbosa Leal de erigir a vila, o que se deu em 1.724. sua Criação, foi aprovada pela Provisão Real datada de 09 de fevereiro de 1.725.

Pela Provisão Régia de 02 de outubro de 1.745 foi autorizada a mudança da Vila para o Povoado Crioulos, no planalto onde hoje se encontra a cidade de Rio de Contas. Elevado a vila, o povoado Crioulo foi denominado Vila Nova de Nossa Senhora do Livramento e Minas do Rio de Contas.

Transferida a sede de Vila, o governo da metrópole "Salvador", determinou a construção dos edifícios da Casa de Câmara e Cadeia, Câmara Municipal, Casa de Fundição, e a instalação do Pelourinho. 

  • Site atualizado em: Quinta 22 Agosto 2019, 09:56:23

RIO DE CONTAS ADVENTURE - CHAPADA DIAMANTINA - BAHIA